Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A cadeira num café

Solidão

Toze, 03.10.19

Porque me apetecia conversas com a senhora do gps (adorei ouvir, curva espertadinha à direita) o pós-jantar levou-me à Foz do Douro. Anos depois. E a vista de  sobre a Foz é algo de absolutamente extraordinário. Ainda ponderei tirar fotos, mas senti vergonha de estragar uma paisagem tão bela e tão divina com um terrível telemóvel e a falta de jeito de quem o usa. Até porque há coisas na vida que não podem ser contadas ou mostradas, que temos mesmo de ver e viver.
Honestamente, não acredito que haja no Alentejo, Algarve ou outra visão paisagista com tão imponente beleza como aquela, uma comunhão tão plena entre a solidão e o infinito, um daqueles locais que procuramos para nos encontrarmos...

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.