Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A cadeira num café

Afecto

Toze, 31.10.19

O que aqui vou deixar escrito no meu blogue, está cravado noutras paredes. Queria dizer-te que és importante naquilo que sou. Que a tua doçura me comove com a mesma força com que me irrita o cinismo por justificar. És generosa, és inteligente na forma cirúrgica com que olhas para mim e para o meu mundo. A tua dor empurrou-te para a excelência. A tua obsessão favorita. És clarividente, sensata, honesta, como mais ninguém que conheço. E ciumenta. Muito ciumenta. Mas para mim és a maior. Mesmo que sabendo que não és tudo aquilo que a minha cabeça me diz que és, és a mulher mais doce, decente e fixe que conheço. E isso toca-me o coração...

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.